Publicada em: 25/09/2020 15:22

UEA e DPE-AM assinam acordo de cooperação para ofertar especialização em Direito Público

A Universidade do Estado do Amazonas (UEA) e a Defensoria Pública do Estado do Amazonas (DPE-AM) assinaram na tarde desta sexta-feira (25), um acordo de cooperação com o objetivo de ofertar curso de especialização em Direito Público para servidores da Defensoria. A iniciativa conta ainda com a parceria da Fundação Universitas de Estudos Amazônicos (F.UEA).

A solenidade aconteceu na seda da reitoria da UEA, localizada na Avenida Djalma Batista, Flores, com a presença do Reitor, Cleinaldo de Almeida Costa, do Defensor Público Geral, Ricardo Queiroz Paiva, de toda a Gestão Superior da UEA, além do Diretor da Escola de Direito da UEA (ED), Alcian Pereira de Souza, do Diretor da Escola Superior da Defensoria Pública do Estado do Amazonas (ESDF-AM), Rafael Monteiro Barbosa e do Coordenador, Maurilio Casas Maia.

O processo de seleção será feito pela DPE-AM que irá encaminhar a lista para a Universidade efetuar a matrícula. O projeto será executado em 24 meses para 110 alunos. O curso possui 420 horas, sendo 360 horas aulas teóricas e 60 horas destinadas ao processo de elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

"Construímos um curso que atendesse às necessidades da Defensoria Pública e que surgiu a partir de um questionamento do nosso programa de residência. Informamos ao Supremo Tribuna Federal (STF) que o nosso programa se assemelha muito a um estágio de pós-graduação, e o único ponto que faltava para solidificá-lo era a certificação, que esse curso agora vai permitir. Por isso, o sentimento é de gratidão pelas possibilidades e pela construção da parceira. Espero que essa seja só a primeira de outras que virão. Da mesma forma que a Universidade se propôs a nos apoiar, a Defensoria também está à disposição da UEA", declarou o Defensor Público Geral, Ricardo Queiroz de Paiva.

Já o Reitor da UEA destacou que esse é um momento importante para os pós-graduandos, pois terão a oportunidade de contar com todo o apoio da Escola de Direito da UEA, que vem sendo avaliada com nota 5 há vários anos (nota máxima aplicada pelo Ministério da Educação).

"É uma honra apoiar a Escola e receber o reconhecimento da sociedade que está em busca de uma melhor formação e qualificação. Ficamos honrados com a parceira, com esse momento importante para a construção do Direito no estado do Amazonas. Nos colocamos como a segunda casa dos senhores", finalizou Cleinaldo.

Fotos: Joelma Sanmelo/ASCOM UEA

ITENS ASSOCIADOS